Blog da Papelaria – O blog mais Escolar do Brasil

Blog da Papelaria

Nunca é tarde para aprender algo novo!

Fusões: monopólio ou proteção para o mercado de papelaria nacional?

Fusões: Monopólio ou proteção para o mercado de papelaria nacional?

Brasil Escolar

 

Um monopólio refere-se ao momento em que uma empresa e suas ofertas de produtos dominam um setor. Os monopólios podem ser considerados um resultado extremo do capitalismo de livre mercado,  na ausência de restrições, uma única empresa ou grupo se torna grande o suficiente para possuir todo ou quase todo o mercado (bens, suprimentos, mercadorias, infraestrutura e ativos) para um tipo específico de produto ou serviço.

O termo monopólio é frequentemente usado para descrever uma entidade que possui controle total ou quase total de um mercado.

 

Os monopólios normalmente têm uma vantagem injusta sobre a concorrência, pois são o único fornecedor de um produto ou controlam a maior parte da participação no mercado ou clientes do produto.

 

Embora os monopólios possam diferir de indústria para indústria, eles tendem a compartilhar características semelhantes que incluem:

 

  • Barreiras altas ou inexistentes à entrada: os concorrentes não podem entrar no mercado e o monopólio pode facilmente impedir que a concorrência desenvolva sua posição em um setor adquirindo a concorrência.
  • Vendedor único: existe apenas um vendedor no mercado, o que significa que a empresa se torna a mesma que a indústria que atende. 
  • Formador de preços: A empresa que opera o monopólio decide o preço do produto que venderá sem concorrência, mantendo seus preços sob controle. Como resultado, os monopólios podem aumentar os preços à vontade.
  • Economias de escala: Um monopólio geralmente pode produzir a um custo menor do que as empresas menores. Os monopólios podem comprar grandes quantidades de estoque, por exemplo, geralmente um desconto por volume. Como resultado, o monopólio pode baixar tanto os preços que os concorrentes menores não conseguem sobreviver. Essencialmente, os monopólios podem se envolver em guerras de preços devido à escala de suas redes de manufatura e distribuição, como armazenagem e remessa, que podem ser feitas a custos mais baixos do que qualquer um dos concorrentes do setor.

 

Devido à falta de concorrência, os monopólios tendem a obter lucros econômicos significativos. O que prejudica grandemente o mercado e setor concorrente, que acaba sendo prejudicado, já que o monopólio tende comprar todos os direitos sobre aquele ramo, proibindo a entrada de novos comerciantes.

 

Existem dois tipos de monopólio, baseados nos tipos de barreiras à entrada que eles exploram. Um é o monopólio natural, onde as barreiras à entrada são algo que não é uma proibição legal. O outro é o monopólio legal, onde as leis proíbem (ou limitam severamente) a concorrência. 

 

ZNK Propaganda - Faz Acontecer

 

Competição monopolística

Quando existem vários vendedores em um setor com muitos substitutos semelhantes para os produtos que estão sendo produzidos e as empresas retêm algum poder no mercado, isso é chamado de concorrência monopolística. 

 

Nesse cenário, um setor possui muitas empresas que oferecem produtos ou serviços semelhantes, mas suas ofertas não são substitutos perfeitos.

 

Em um setor competitivo monopolista, as barreiras à entrada e à saída são geralmente baixas, e as empresas tentam se diferenciar por meio de reduções de preços e esforços de marketing. 

 

No entanto, como os produtos oferecidos são tão semelhantes entre os diferentes concorrentes, é difícil para os consumidores saber qual é o melhor. Alguns exemplos de concorrência monopolística incluem lojas de varejo, restaurantes e salões de beleza.

 

Você precisa lutar pela proteção do mercado de papelaria nacional

 

Um monopólio é caracterizado pela ausência de concorrência, o que pode levar a altos custos para os consumidores, produtos e serviços inferiores e comportamento corrupto. Uma empresa que domina um setor de negócios pode usar esse domínio a seu favor e às custas de outros. 

 

Podendo gerar escassez artificial, fixar preços e contornar leis naturais de oferta e demanda. Também poderá impedir novos participantes no campo, discriminar e inibir a experimentação ou o desenvolvimento de novos produtos, enquanto o público – privado do recurso ao uso de um concorrente – está à sua mercê.

 

Um mercado monopolizado geralmente se torna injusto, desigual e ineficiente.

Parceira oficial:

Compartilhe:

Você pode curtir
SEJA meMBRO REDATOR

Blogue.

Populares

what you need to know

in your inbox every morning